Lobélia Azul.

Herbácea perene de flores pequenas com cores que variam do violeta ao azul, é uma planta delicada. É indicada para bordaduras ou conjuntos, sendo que o solo deve estar bem irrigado e rico em matéria orgânica. O tamanho destas varia em entre 15 e 20 centímetros com muitos ramos de moitas baixas e espessas. É uma ótima opção para compor vasos e cestas suspensas. Suas flores azuis e delicadas trazem um ar romântico para o jardim. É uma planta tóxica e gosta de climas frios.


Multiplicação:

Multiplica-se por sementes e cujo semeio deve ocorrer no outono para que as flores dê o ar da graça na primavera e no  verão.

Manutenção:

O substrato deve ser fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Após a floração deve-se remover as flores com poda para que floresçam novamente.


Glossário:


BordaduraMoldura que limita a superfície de um objeto, no jardim servem para delimitar os canteiros.

Herbácea: Plantas de caule macio ou maleável, normalmente rasteiro, sem a presença de lignina, ou plantas cujo caule não sofre crescimento secundário ao longo de seu desenvolvimento.

Perene (Planta Perene):  é a designação botânica dada às espécies vegetais cujo ciclo de vida é longo, permitindo lhe viver por mais de dois anos, ou seja por mais de dois ciclos sazonais. Suas folhas não caem.




Bibliografia:

Planta ornamentais do Brasil - Harri Lorenzi/Hermes Moreira de Souza
Venenosas: plantas que matam também curam - Gil Felipe/Maria Cecília

Links:


2 comentários: