Ipê de Jardim



Ipê-de-Jardim, Amarelinho ou Ipê-Mirim


Tecoma Stans é conhecido por uma variedade de nomes comuns, amarelinho, guarã-guarã, ipê-mirim, ou sinos-amarelos. Este arbusto perene recebe tantos nomes devido as suas flores amarelo vibrante em forma de trombeta que floresce na primavera, verão e outono. Em áreas com geadas fortes, geralmente cresce como arbusto, mas em climas amenos pode crescer como uma árvore e pode chegar até 25 metro de altura.




Mas com árvore pequena pode chegar de 3 a 6 metros de altura, apresenta caules bastante ramificados e floríferos. É originário dos Estados Unidos, México, Guatemala e América do Sul (exceto Brasil).
Possui folhas opostas, pinadas, com folíolos quase sésseis( não possuem capacidade de locomoção ou não possuem pecíolo ou haste de suporte).






Inflorescências terminal, com poucas flores tubulares, campanuladas, amarelas.
Pode ser cultivado através de sementes ou mudas, multiplica-se facilmente por sementes e por estacas de ramagem.





O Ipê-de-Jardim é também chamado de arboreto bastante ramificado possuem folhas compostas por folíolos ovais-lanceolados, sub-sésseis e de bordas serrilhadas.
A floração maior dá-se nos meses  mais quentes.

No paisagismo é apropriada  isolada ou em grupos, formando renques ( é o conjunto de plantas ou indivíduos dispostas de forma alinhadas ou em filas). É uma planta muito rústica, deve ser cultiva a pleno sol, em solo fértil enriquecido com matéria orgânica, com regas no período mais secos.


Plantas Ornamentais no Brasil, Arbustivas, Herbáceas e trepadeiras

Autor:  Harri  Lorenzi e  Hermes Moreira de Souza.  Terceira  Edição












Nenhum comentário:

Postar um comentário